quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Eu não sei explicar ao certo os sentimentos que este drama me proporcionou sentir. Nunca pensei que diria isso, mas Answer me 1994 supera o tão aclamado Answer me 1997. E isso acontece em vários, mas em vários aspectos mesmo. Senti-me receosa ao iniciar, pensei que me decepcionaria com uma "nova versão". Mas que engano. E que bom que foi um engano. Fazia tempo que eu não surtava tanto, que eu não torcia tanto, que eu não amava tanto um drama com tanta intensidade. A minha vontade, sinceramente, era não me despedir nunca deste drama. Quando cheguei nos quatro últimos episódios, eu já estava sofrendo antecipadamente de abstinência. Mas o problema é que você não quer parar, você NECESSITA assistir mais e mais episódios, e mais e mais... Eu adorei a produção, roteiro...e principalmente o ELENCO! Elenco escolhido à dedo para interpretar personagens que irão marcar a sua "carreira" doramática para sempre. De antemão já os digo, vocês irão carregar essa turminha no coração de vocês com a mais absoluta certeza.
Eu simplesmente adoro o que estes dramas intitulados "Answer me" nos propõem. Ambos trazem aquele sentimento nostálgico, claro que naquelas pessoas que viveram situações semelhantes ou vieram pura e simplesmente nos tão amados anos 90. Aquele sentimento de saudade, de recordar com felicidade. Adoro essa proposta de "relembrar", de "clamar" por aquele tempo que se foi e não volta mais. Em 1994 eu tinha apenas dois anos, então eu obviamente não me lembro dos acontecimentos que se sucederam neste ano. Mas, quando a gente estuda um pouco de história, somos capazes de nos situar melhor e conhecer o que aconteceu naquele tempo. O episódio "00" do drama, nos traz basicamente as informações de que nós precisamos saber sobre o ano de 1994 e bom, comparado ao Reply 1997 este retratou com mais fidedignidade não somente os acontecimentos que marcaram época na Coréia do Sul, como também os acontecimentos e canções (não tão somente coreanas, mas internacionais) que explodiram pelo mundo todo.
O que posso dizer a mais? Eu sou uma estudante universitária e bom, desde que o mundo é mundo, os estudantes universitários agem da mesma forma. Então, a cada reunião, a cada amizade que nascia, a cada circunstância que eles compartilhavam juntos. Nossa! Eu já estou começando a sentir saudades da faculdade e de tudo que estou vivenciando com meus amigos. Achei muito, mas muito bacana como um sentimento de amizade mútua nasceu nesses anteriormente completos "estranhos". A pensão conseguiu unir pessoas completamente diferentes, de sotaques diferentes, de dialetos diferentes, de personalidades diferentes, de ambições diferentes...Além de tudo isso, a gente percebe o preconceito sendo retratado, o quão "fora do ninho" os nossos personagens se sentem no começo, o quão "grande é a vida na cidade grande" e o quão difícil ela também se torna. Porém, ao lado das pessoas que amamos, tudo se torna mais brando e facilmente superável. 
Eu poderia listar vários motivos pelos quais Answer me 1994 é melhor que o 1997, mas esta não é a minha proposta neste post. A minha proposta é exaltar o que há para ser exaltado neste drama. Neste drama que me contagiou do primeiro ao último episódio. Drama que representou de uma forma magicamente simples o cotidiano destes estudantes, o nascimento do primeiro amor, seus medos, suas mudanças, seus crescimentos. Nós temos ainda uma grande surpresa ao ter a participação especial do elenco de Reply 1997. Muito digno os episódios com a participação desta galerinha louca. 

Sinopse: Através dos personagens, o drama segue vários eventos culturais em 1994, incluindo o surgimento do grupo de kpop "Seo Taiji and Boys" e a Korean Basketball League.


Sung Na-Jung: Intensa e forte, Na-Jung foi uma personagem incrível, retratada por uma atriz que sabia exatamente o que estava fazendo. Na-Jung viveu intensamente os seus 20 anos. Ela foi uma fã extremamente barulhenta e louca. Mas com um tempo, o seu comportamento se torna mais brando em relação ao "ser fã"! Eu não lembro onde li alguns comentários falando a respeito das mudanças da personagem, que não havia gostado disso. Eu acho que se a gente for para pra pensar é melhor ser "uma metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo."
E nós somos constantes metamorfoses, uma hora nós temos que mudar. Ela teve a oportunidade de vivenciar várias coisas durante os seus 20 anos, ela amadureceu, formulou outras prioridades. Ela se tornou mulher mais rapidamente do que o esperado. E eu acho que era essa a proposta. Não querer mudar a personalidade de ninguém. ela foi ela mesma o tempo todo... ela foi verdadeira. Verdadeira nos seus sentimentos, verdadeira em seu modo de ser. Na-Jung foi brilhante! E, em nenhum momento, ela enganou a si mesma ou aos outros. Digníssima personagem.

Trash Oppa: Este foi o meu personagem favorito. O Trash oppa foi FABULOSO! Extremamente cativante, inteligente, largadão, mas inteligente. Ele tinha um jeitinho todo fofo de se portar diante dos outros, sendo ele o mais velho. Claro, que como o jovem de 20 e poucos anos que ele era, ele cometia deslizes, mas o seu intuito era de sempre estar cobrando uma postura correta das crianças. Então, toda turminha era responsabilidade dele. E a forma como ele os tratava era realmente como um irmão mais velho trata os mais novos.
Ele não era lá um grande exemplo na parte de organização, mas...homens! Sendo assim, não interessava o quando "não bonito" ele fosse, meu impulso era de querer casar com ele. Com o passar dos episódios você percebe a sua postura de homem íntegro, respeitador, que busca cumprir as promessas que fez e seus princípios também. Fora isso, esse ator, Jung Woo, conseguiu cumprir a proposta do personagem na íntegra. O que dizer? Bom, eu não imagino outra pessoa fazendo este personagem. O que ele incorporou, a verdade que ele passou...bom, apaixonei-me a este ponto. Somado a isso, ele tinha uns "pitis" muito bacanas e engraçados. 70% das vezes que eu ri durante todo o drama foi por causa dele. Um amigo me contou que este drama era para ter sido lançado primeiro que o Reply 1997, mas na época..ele não podia estar fazendo o personagem..coisa de agenda! Lançaram o Reply 1997 primeiro e depois o 1994...POR QUE? Porque tinha porque tinha que ser ele.. COMPLETAMENTE ENTENDÍVEL!. Tal atitude não poderia ter sido mais coerente. Trash oppa, você é definitivamente...D-E-M-A-I-S. 
Chilbongi: Se você quer casar, esse é o tipo certo! Este personagem é super bacana,de fato, muito interessante. É chato ter que escolher alguém para torcer, porque todos os candidatos são totalmente apaixonantes. Este oppa era doce, amável, apaixonado, um amor. É importante ressaltar o seu respeito também. As suas expressões foram "fofas" e amáveis o tempo todo por assim dizer. E aquela carinha de cachorrinho?! *o* Difícil não taxá-lo de bom menino, porque ele era de fato um dos poucos "bons meninos" que existem no mundo. Vontade de apertá-lo contra o peito era o que não faltava.
Ele era um menino simples, apesar de super famoso. Bom, imaginem como a Na-Jung ficou numa sinuca! Ela tinha a sua disposição dois partidões super, mas super TUDO a sua disposição. Como eu já disse, difícil escolher alguém pra torcer. Cada um apela com aquilo que tem. E o rapaz bem que sabia jogar limpo! Não achei que ele foi aquele típico bad boy que sempre "enche o saco". Desculpem, mas estou saturada de bad boys, quero um bom moço como o Chilbongi. Este foi um grande diferencial no drama inteiro. Difícil mesmo era pender a balança para um lado, sério!
Sung Na-Jung e Sseureki (Trash): OPPA YAAAAAAAAAAA *O* Meu intuito é não dar qualquer tipo de spoiler. Então eu vou tentar usar o emprego correto dos verbos para deixar um ar de suspense. Algo totalmente proposital. Para começar, qualquer um que ficasse com a Na-Jung estaria de fato bom; o final não me decpcionaria nunca como um todo. Os dois rapazes eram fantásticos em seu jeito de ser. Era mais uma questão de sentimento mesmo. Bom, o coração não escolhe de quem gostar, mas o coração de Na-Jung escolheria bem se escolhesse qualquer um desses dois. E o coração pode mudar..pode ou não ser o primeiro amor não é verdade? Isso é fato. E Nossa, o mistério permanece até o penúltimo episódio.
Foi tudo muito nebuloso... Answer me 1994 conseguiu ser um mistério até o fim. Bom, falando do casal que shippei: SERIA incrivelmente legal se a Na-Jung escolhesse o Trash Oppa desde o princípio. Para mim, essa SERIA a lógica da coisa. Ele ERA seu grande amor afinal. Isto era fato. E bom, meu coração escolheu se apaixonar pelo Trash Oppa. Não importa o que digam por aí, ele é meu tipo ideal. Como eu FICARIA feliz se a Na-Jung o escolhesse. Para mim, eles tinham uma química e um jeito todo especial de se relacionar. Eu vou sentir muita falta das cenas desses dois juntos. Para mim, eles foram os mais engraçados, o "mais casal".
Meu coração batia muito, mas muito forte com cada olhar desses dois, cada demonstração de afeto e carinho, com cada "espancamento mútuo", uma coisa linda de se ver por vezes. Então, desde o começo, eu torci para este casal. E vocês...para quem vocês estão torcendo? será que o casal que eu torci era de fato o casal certo? Vocês precisarão assistir para ter certeza. 
Sung Na-Jung e Chilbongi: Otoke? Como não shippar este casal! Não julgo a escolha de vocês, porque enfim...eu também me apaixonei pelo Chilbongi. Otoke? Meu coração é que nem coração de mãe...sempre cabe mais um. Então, como não amá-lo. Bom, só não torci por ele, porque realmente eu já tinha uma torcida muito forte pelo Trash Oppa, reforçada pela torcida da minha mãe. Mas, se este oppa FICASSE com a Na-Jun, como eu já falei anteriormente, eu não acharia ruim. Poxa, o cara era um Deus do Monte Olimpo, tirando toda a promiscuidade dos antigos deuses, é claro. Bom, eu já exaltei todas as virtudes desse carinha.
O que dizer? A escolha estaria completamente nas mãos da Na-Jung. Eu vou me abster de falar se gostei ou não do final. Porque eu se eu disser que amei vocês vão saber com quem ela fica, se eu disser que foi legal e fofinho vocês também saberão. Se estiverem curiosos me contatem no facebook. 
Chilbongi tinha sentimentos puros, era tão lindo como simplesmente estar ao aldo da Na-Jung era o suficiente para ele. Claro, chega um momento que somente isto não basta. É hora de atacar, honestamente, mas atacar..com todas as armas que você tem.
Sung Dong-Il e Lee Il-Hwa:O que falar desses dois? Eles só podem ter conquistado os corações de meio mundo de pessoas para serem os seus serviços solicitados mais uma vez neste drama. Para mim, foi muito mais linda e importante a presença destes dois neste drama. O velho tem a minha simpatia eterna. Nunca vi um personagem tão espinhoso e ao mesmo tempo tão amável, buscando esconder suas verdadeiras razões e brutalidade num capuz de "brutalidade". A velha, mãe de nós todos, sim, também me sinto um pouco de baixo de suas asas, porque eu me imaginei como qualquer pessoa daquela pensão, como cada "filho" dela sobre os seus cuidados. <3' Carismáticos e conquistadores de corações, esses dois são mil, não dois mil. *o*
Samchunpo e Jo Yoon-Jin: Eu tenho um sentimento de amor e ódio em relação a estes dois. Yoon Jin era legal de boca fechada e bêbada. Como eu não simpatizo pessoas arrogantes demais, eu diria que sua arrogância me incomodou. Incomodou-me principalmente em briguinhas que eu poderia denominar como "nada a ver". Mas casai tem briguinhas nada a ver não é verdade? Este drama é um mero retrato da realidade, mas não vou negar o meu incômodo emr elação a isso. Ela era muito mandona e chata. Samchunpo era outro chato...dois chatos se merecem, ah, mas estes se merecem mesmo.
Para mim, o drama seria perfeito se não fossem esses dois. Sim, eles me incomodaram bastante. É, mas havia momentos que os dois eram suportáveis, aturáveis. Mas havia outros momentos...que eu perdia a paciência. Claro que não podia faltar a minha implicância básica com determinados personagens. Isto não pode faltar em um post feito pela minha pessoa. Mas claro, eles tinha sua função. 
Samchunpo  era a caracterização daquilo que seria um estranho no ninho. Totalmente perdido, procurando se adaptar, sem conseguir, à cidade grande. E a Yoon-Jin representa aquela menina tímida e desconcertada que muda completamente ao primeiro gole de soju. É interessante também como ela "cresce" como pessoa, como ela vai perdendo a timidez ao se sentir acolhida por pessoas tão maravilhosas.
Haetae: Quase torci para a Na-Jung ficar com ele. Eu gostava de como a amizade desses dois era retratada. De como este personagem era um queridinho super engraçado. Teria sido mais engraçado se ele tivesse ficado com a Yoon-Jin, mas nem tudo que reluz é ouro, porém, ele teve um final super digno. Este personagem me cativou desde sempre. Ele sempre estava ali disponível para todo mundo que precisasse dele. Como qaulquer outro, ele tinha seus conflitos pessoais, existenciais e uma sorte no azar e azar no amor "imperial". 
Ele me proporcionou boas risadas e a minha simpatia por ele foi intensa. Adorava suas peripécias... de fato, acho que sinto este tipo de coisa pelo Haitae ser o exemplo vivo de que a amizade entre homens e mulheres é possível e sim, temos amigos como o Haetae que são "pau para toda obra". Que estão presentes na nossa vida com tanta intensidade.
Binggeure: Personagem que mais me deixou em dúvida no que diz respeito às suas preferências. Foi tão engraçado o mistério ao redor dele. Ela era um carinha super meigo e sensível, que de repente se tranformou numa das grandes icógnitas na minha cabeça.Ele representa super bem aquela nossa faze de nãos aber o queremos fazer na vida. será que é música? Será que é Medicina? Este personagem retrata muito bem os nossos medos em relação a  vida acadêmica. Definitivamente muito bom em sua proposta. 
Para finalizar, gostaria de dizer que este drama foi incrível. Incrível em toda a sua proposta. Incrível na apresentação de seus personagens. Incrível em nos trazer uma OST que marcou a geração X. Vou sentir falta desse grupo, de cada sentimento nostálgico que eles me proporcionaram, de cada sentimento atual de estar vivendo isso hoje. Fazemos parte de uma nova era..uma era das grandes tecnologias e tudo mais, mas ainda assim..."somos os mesmos e vivemos como os nossos pais."
Espero que vocês que estão visitando o blog e leram o post até o fim comentem e falem um pouco da opinião de vocês a respeito do drama e do post. É super fácil de comentar, vocês podem selecionar o perfil anônimosem nenhum problema. Ah, curtam também a nossa página no facebook (CLIQUE AQUI). Esse é o meu primeiro post do ano e espero do fundo do meu coração que gostem! :)) O download pode ser feito no Doramas Obsession Fansub.

Recebi uma reclamação do blogger dizendo que a minha postagem tinha sido denunciada por alguém. Gente, peço que respeitem o meu trabalho. Não copiaria esta postagem e ela também não tem o objetivo de ofender ninguém. Agradecida. 
Reações:
Posted by Cecília On 00:52 12 comments

12 comentários:

  1. Eu ainda não terminei...mas gostaria de agradecer Cecilia...obrigada pela dica...Replay 1994 me marcará eternamente *.* estou amando infinitamente. O que me deixou animada foi que nenhuma das personagens fica triste esquecida...estão trabalhando muito bem cada uma =D isso é altamente positivo. Ótimo drama!!!

    ResponderExcluir
  2. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA CECI PARA!!! Verei amiga, verei com certeza!
    To ainda passada que você surtou por um drama de colegial VAMOS IMPRIMIR E COLOCAR ISSO NA GELADEIRA!
    E q fico claro q eu que fiz vc começar a ver a geração reply AHAHAHHAHAHAHAHAHAHAHAH
    te amo Ceci, ótimo post! Não li tudo pq não gosto de ler um post por completo quando não vi o drama, quero surpresas!!! Mas vou conferir de certeza

    ResponderExcluir
  3. Eu li o post inteiro e fiquei até com uma invejazinha de tu conseguires expor tudo aquilo que eu queria dizer em relação a este drama. Reply me 1994 será um dos poucos dramas que recomendarei a qq pessoa sem medo de errar e apesar de retratar aquela fase de vida conflituosa, pra mim este drama, estará longe de ser um drama colegial.
    Este drama proporciona um sentimento tão bom, que é dificil não gostar, é engraçado, nostálgico, misterioso, romântico e dramático ao mesmo tempo, e foi sim, melhor do que reply me 1997 (e eu a achar que seria impossivel superar o 1997). Eu particularmente gostei de todas as personagens, gostei da maluquice da Na Jeong, da foforisse do chilbong, das cenas hilárias do trash, do casal briguento, dos pais malucos da Na Jeong, haitai, Binggeure e até dos colegas da Na jeong.
    Outro aspecto que gostei ainda mais, foram as músicas (tenho todos no meu mp3). E neste reply ao contrário do antigo, a torcida era bastante dividida (eu mudei milhentas vezes de lado), impossivel não gostar, tanto do trash oppa como do Chilbong.

    Com isto termino a dizer que, reply me 1994 está entre o meu top 5 de melhores dramas deste ano 2013, está mais que recomendado.

    ResponderExcluir
  4. Preciso muito ver esse dorama,deve ser mesmo muito bom.Vou só terminar school 2013 e começarei a ver ele.
    Adorei suas resenha,tenho tantos doramas pra ver mas vou estudar em escola integral então não vou ter tanto tempo como antes pra assisitir,tristeza :(
    http://top10kpop.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Ceci quanto tempo *-------* Desde que o Lamen fechou que não volto aqui kkk Gome y.y
    Nossa eu to doida pra ver esse dorama, vejo vários vídeo dele pra ver se vou ou não me arrepender e depois de ler o seu post tirei totalmente minhas dúvidas, com toda certeza eu verei u-u E voltarei pra dizer o que achei kkk

    Ah! Passando pra avisar que eu abri o Lamen de novo mas de uma forma diferente. E espero que você goste.
    Link http://lamenitira-lamenitira.blogspot.com.br/
    E estou também com o Place your Order com uma amiga minha é muito bom também, d´uma passadinha lá.

    xo xo, Edislaine Godoy.

    ResponderExcluir
  6. AMIGAAAAAAAAAAAA! Tdo mundo elogiou esse drama e se até vc gostou, então é porque é bom mesmo a coisa! KKKKKKKKKKKKKKKK Eu verei, preciso baixar! Sempre esqueço! Aishhhh! Não li todo o post confesso, pois nesse drama quero me surpreender e tal, não saber de nada mesmo que acontecer Mas sem ler sei que vc arrasou! Hehehhehee

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Para mim não superou 1997 ficaram no mesmo nível e esse me matou mais quesito mistério.
    No começo torcia loucamente por Trash, mas em algum momento onde eu nem vi Chil me roubou completamente. Gente serio estou em Love ele e Haetae meus personagens preferidos quase torci pra ele ficar com yoon jin ou Na-Jung para vocês verem como ele era uma sedução. kkkk super divertido Binggeure um misterio total. Enfim valeu super e recomendo.

    ResponderExcluir
  9. Aqui estou! Super gostei da resenha, é o estilo de dorama q eu gosto, já baixei alguns episodios, e é com certeza o meu próximo. Amei o 97 então acho q esse não fica muito longe não. =)
    Só eu que achei que o Chilbongi era o Trash mais novo? kkkkkkk Achei eles super parecidos.

    ResponderExcluir
  10. eu assisti apenas os dois primeiros episódios e estou amando, super gostei da resenha ^_^ , estava pensando em assistir soh por causa do Baro, mas depois dessa resenha criou grandes expectativas

    ResponderExcluir
  11. Poxa, eu queria tanto, mas TANTO achar esse drama para download... T.T
    Infelizmente, a página que havia o download que indicou não está mais lá. Se alguém pelamordeabudabi souber onde eu posso encontrar, eu adoraria que me desse essa luz e serei grata pela eternidade. Seu post me deixou com mais água na boca ainda. T.T
    Excelente blog, está tudo lindo. Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Acabei de assistir Answer me 1997 e 1994 e tive que vir aqui comentar!!!
    Não tenho como negar que me APAIXONEI COMPLETAMENTE por eles. Essa sensação tão boa que enche o meu coração de nostalgia talvez se deva a minha própria adolescência deixada para trás. A lembrança do primeiro amor, as dificuldades da escola e da faculdade. O drama de tão jovem ter que já saber o que vai ser quando crescer. A paixão tão inevitável e infantil das tão aclamadas "boy bands;' que estouraram na década de 90. Confesso que não fiz parte da intitulada Geração X, já que nasci em 1987. Mas é certo que eu pude sim viver parte da minha vida na era analógica e a outra parte no atual mundo digital. Se hoje já achamos determinadas redes sociais completamente em desuso (como o orkut, por exemplo), imagina um universo paralelo em que você marcava um encontro no shopping e precisava aguardar o seu paquera exatamente num local especifico para não se perder? Num momento histórico onde não existia celular? Quantos cartões telefônicos eu já não comprei?? Posso dizer que vivi sim essa época! Para assistir filmes, só em VHS ou por algum canal de uma antena parabólica. Tv a cabo não existia nem nos meus sonhos. O quanto inimaginável era então virar fã da cultura asiática!!!! Poder dizer que assisti o já antigo (e tão atual) drama BBF e que ainda espero o retorno do SS501??
    Pensar em tudo isso hoje, faz parecer que eu criei minhas próprias memórias e fiz delas um fantástico mundo lúdico. Lugar em que o dia realmente parece ter 24h e onde o estranho é "ser atual".
    Mas talvez essa paixão por Answer me deva-se apenas ao fato de que não importa quanto o tempo passe. Cada dia em que o sol nasce nos trás novas experiencias e mudanças. Podemos viver com a certeza de que tudo está sempre em movimento. A nossa próxima grande decisão nunca será a ultima. E por isso, estamos a cada segundo de vida, construindo parte de uma grande história, juntando o meu mundo com o seu mundo e assim, seguimos juntos deixando nossas marcas, e que mesmo depois de adultos, temos a certeza que dentro de nós, continuamos ainda a ser um pouco adolescentes, que vivem diariamente enfrentando mais um dia de vida.
    É por isso, que eu não posso nem pensar em comparar Answer me com todos os outros doramas que já acompanhei. Porque eles não vivem a margem entre a realidade e a ficção como todos os outros. Daqui de onde eu vejo, eles são sim, minhas próprias lembranças.
    Bjss

    ResponderExcluir

Gente, o comentário de vocês é muito importante! hihi Aguardo ansiosamente pela opinião de vocês ;)

  • RSS
  • Delicious
  • Digg
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Youtube