quarta-feira, 27 de julho de 2011

 Hoje eu estou aqui para indicar uma produção que eu esperava MUITO, mas não foi tão ruim já que não larguei o filme pela metade como aconteceu com Fly high(não é aquele com o Kim Bum) e outros.Tudo que é com o maravilhosíssimo Kim Rae-Won é o máximo,mas uma andorinha voando sozinha não faz verão,como diria o poeta. Vamos aos comentários?!


   Eu estava esperando um drama daqueles. Uma história pra derramar mil litros de lágrimas. Mas como a galera da produção desse filme vacilou viu. Tipo,eles tinha uma boa história, um enredo bacana,uma coisa bem origianal,diferente e tudo,mas eles não deram ênfase em basicamente nada.Jogaram tudo ao vento e acabou voando mesmo. Fora que até agora eu não sei o que ela tinha na mão nem qual era o problema dela. Tudo foi jogado aleatoreamente pra vê se dava certo. E não deu.


  Eu não sei o porquê, mas eu não gosto dessa atriz. Ela é muito fraca. Não consegue passar emoção. Mas enfim, falando dos bons aspectos: o Kim Rae-won dá mais um show de interpretação. Seu personagem é cômico, mas sempre dotado daquela especiaria que é o próprio jeito de atuar dele. A atriz que faz a mãe da personagem principal também é excelente. Ela conseguiu me passar aquilo que realmente uma mãe faria se estivesse numa situação dessas.


  Eu gostaria de poder dizer que este filme é o máximo,mas não é. Eu queria que vocês assistissem algo que realmente fosse bom. O filme não deixa de ser uma boa. Mas,dentro das suas limitações. E mais, esta é minha opinião. Já ouvi muitas pessoas dizerem que amaram esse filme. Então,acho que o problema sou eu.huahuahua', mas geralmente eu me apego aos detalhes e sou muito crítica. E não chorei.


Sinopse:
Gang Min é uma garota que tem um problema na mão desde que nasceu e devido a isso é uma garota isolada do mundo sem sonhos e sem uma paixão... até que um novo vizinho Yeong-jae entra literalmente na sua vida e...


O download pode ser feito no DK..
Posted by Cecília On 05:59 11 comments READ FULL POST

quarta-feira, 20 de julho de 2011

  Fazia algum tempo que eu não assistia um Jfilme. Estava com saudades da forma com que os japoneses conseguem fazer um bom drama. E com Dear Friends não foi diferente. Surpreendi-me muito. Eu não esperava que o filme fosse crescer tanto. O drama é bastante emocionante e nos leva a analisá-lo ou simplesmente obter uma lição de vida a partir de diversas perspectivas ou pontos de vista. Havia cenas que realmente eriçavam os fios de cabelo do meu braço, mas contive minhas lágrimas desta vez. Então, vamos aos comentários?




  Sinopse: Rina é uma adolescente rebelde vive em baladas, acha que pode ter tudo que quiser na hora que quiser porque é bonita, não respeita os pais e muito menos os amigos, porque para ela amigos só servem para ser usados. Ela achava que nunca iria cair, mas o que acontece quando se cai e sua atitude faz com que ninguém queira ajudá-la a se levantar?






  Anteriormente eu só havia visto um drama de Kitagawa Keiko (Buzzer Beat), e foi uma experiência única poder conferir um trabalho totalmente diferente dessa encantadora atriz. Acredito que não seja nada fácil incorporar uma personagem como a Rina: altamente problemática, rebelde e digamos, por hora, 'sem amigos'. Confesso que em muitas cenas eu quis dar uns bons tabefes nela, o que significa que ela cumpriu seu papel como garota insuportável. Modificando um pouco o ditado: 'Todo castigo para corno é pouco' , eu diria que todo castigo para a Rina foi pouco. Mas, no decorrer do filme, você é induzido a sentir tipos de sentimentos diferentes em relação a nossa personagem principal, pois ela sofre uma espécie de metamorfose e com ela, nossa forma de pensar.




  Eis que aparece na vida da nossa personagem a fabulosa Maki. Na verdade, ela esteve com a Rina durante toda a sua vida, Rina apenas a havia esquecido. E juntamente com a Maki, ela havia esquecido também o significado da palavra amizade, do ser amigo. Amplamente discutida no decorrer do filme, a amizade é a principal temática. O tempo passou, mas a amizade permaneceu. Amigo sofre, chora e não há hora para consolar, amigos são cúmplices, a base quando falta o chão. Confúncio disse uma vez que para conhecermos os amigos é necessário passar pelo sucesso e pela desgraça. No sucesso, verificamos a quantidade e, na desgraça, a qualidade. Dear friends mostrou isso e muito mais. Na verdade, a Maki mostrou isso para a Rina através de suas atitudes. As cenas com a doce Kanae-chan me emocionaram bastante. mas eu temia que algo assim como 'Boku no Hatsukoi' acontecesse. Kanae-chan foi a primeira pessoa a fazer parte da transformação da Rina. Na verdade, ela também foi a primeira a lapidar seu coração bruto.




  Meu conceito sobre os homens só ficou mais firmado negativamente depois do filme. Eles estão com você hoje, mas não se sabe amanhã. O idiota do Yousuke apenas confirmou minhas hipóteses. A Rina foi responsável por deixá-lo louco, apesar de no começo ela ter sido uma prostituta de primeira categoria, chegando a dormir até com o namorado da suposta amiga, ela não foi 'fácil' na hora de lidar com o Yousuke. Quando a Rina 'voltou a ativa', depois de uma aparente mudança em seu comportamento, nosso galã/desgalã (não o achei feio nem bonito) conseguiu encher nossa heroína de promessas fáceis, sendo totalmente enganada e iludida. Na hora do 'vamos por à prova' ele a abandonou sem pensar duas vezes. Essa cena foi forte, pelo menos pra mim. Acredito que essa seja até a cena polêmica de que muitos falaram, mas polêmica no sentido de levar em consideração a cultura dos japoneses em relação a esse tipo de exposição. Vocês entenderão melhor ao assistir o filme.




  Outro ponto que o filme aborda é o impacto psicológico e social  da mastectomia realizada de modo profilático para evitar o câncer de mama , ou seja, a retirada do seio.  Apenas 9% das mulheres expressaram um interesse pelo procedimento. O filme aborda de forma bem sucinta o estado psicológico, emocional e social de mulheres que se submetem a cirurgias radicais profiláticas de retirada das mamas. Elas  podem sim apresentar um mudança com relação à satisfação, à aparência física, aos sentimentos de feminilidade, relacionamentos sexuais, nível de estresse e estabilidade emocional. E isso, nossa personagem Rina demonstrou bem, sendo totalmente compreensiva a forma como ela se sente. O que acontece é que a sociedade não é educada de forma a 'aceitar' não o procedimento e sim a consequência social dele. É uma questão complicada e que merece muitas e muitas discussões ainda. Outro ponto, é a questão do tratamento do câncer em si, que realmente é muito difícil e para a mulher, às vezes, o seu cabelo é sua marca registrada e o tratamento envolve a queda deste. Em relação a Rina, eu achei que a queda de seu cabelo foi uma metáfora de sua vida.




  Dear Friends parece mais uma fábula, de onde nós podemos tirar várias lições de moral. Espero do fundo do meu coração que vocês assistam. O download pode ser feito no DK.



Posted by Cecília On 00:01 7 comments READ FULL POST

sábado, 16 de julho de 2011

 Para quem não conhece, o SANA é o super evento que acontece em Fortaleza, Ceará todos os anos no período de julho. No mês de janeiro nós temos o SANA Fest, mas isso é outra história. Antes de mais nada gostaria de me desculpar por não ter fotos que se prezem para mostrar a vocês, já que surgiu um pequeno problema com minha câmera e a câmera da amiga que me acompanhava. Hoje era pra ser um dia onde deveria dar tudo errado, mas, eu tenho diversas coisas boas para falar para vocês. É uma experiência única, onde você passa conhecer pessoas únicas e que tem muito a compartilhar. Vamos lá?




  Então, no SANA, além de conhecer novas pessoas e trocar experiências no que diz respeito ao nosso Universo Asiático você tem a oportunidade de participar da programação ofertada durante todo o evento, tais como: Concurso de Dança, Concurso de Cosplay, Workshop, Animekê, Palestras e muito mais! Claro que eu não participo de nada disso. Não que eu não queira, porque eu acho uma experiência incrível participar de um concurso de dança por exemplo. É mais uma questão de preparo mesmo, por pura preguiça. O máximo que eu faço é cantar no Animekê (Hoje eu cantei Kotoba - Bokura ga Ita e Fukai Mori de Inuyasha) afinal uma mulher prendada tem que apresentar ao menos um dote, e o meu é o canto.




 Para quem não me conhece, essa sou eu, no meio, meu amigo Charles e ao lado dele meu irmão mais novo. Talvez vocês tivesse outra visão de mim. Mas ao visitar a página 'Sobre o blog' no canto esquerdo da página e acima, vocês terão o prazer/desprazer de desfrutar uma foto minha mais aparentável, porque necessariamente hoje eu estou a caráter. Minha blusa é a do' Shun' de Cavaleiros do Zodíaco, um personagem um tanto quanto intrigante. Gosto dele. Falando nisso, hoje eu pude conhecer alguns dubladores de nossas séries favoritas. E a palesta com estes, foi o grande momento de hoje, na minha concepção. 




 Esses três pequenos vultos são os dubladores que eu tive o prazer de conhecer hoje, mas o contrário não é recíproco, porque eles não me conheceram.(Risos). Esta é a infeliz câmera de meu celular, como eu havia dito, houve alguns problemas técnicos. Então para melhorar, vou colocar algumas fotos ligeiramente mais nítidas dessas figuraças que foram super bem recebidas e super bem receptivas.

 

 Eu não sou fã de Harry Potter, mas eu assisto. E sempre achei Ronnie Wisley um personagem muito interessante, na verdade ele é o mais interessante de toda a saga depois da Hermione. E nosso Charles Emmanuel(à esquerda) é um dublador de 22 anos que nasceu no Paraná, mas hoje mora no Rio de Janeiro, onde é além de Dublador, também ator de Tv e Teatro. Ele é a voz no Brasil do Ronnie (Harry Potter), Mutano (Jovens Titãs), Ben Tennison (Ben 10), Near (Death Note), Tenma de Pegasus (Lost Canvas), entre muito outros personagens. extremamente simpático, eu diria que ele agradou a todos, ou a todas. Fez sucesso geral com as meninas, a mesa dele era simplesmente cheia de recadinhos.
  Silvio Navas(a direita) é uma lenda no ramo da dublagem. Com 35 anos na carreira de dublador ele faz "aquele de vida eterna": o Mumm-Rá, maior inimigo dos ThunderCats. Ele também é a voz de Darth Vader em Star Wars (minha Saga favorita, sempre: imbatível). Outros papeis: Gomez (Família Adams), Monstro Estelar (Silver Hawks), Rei Cold e rei Cutelo (Dragon Ball Z), Bender (Futurama), entre outros. Tive o prazer de poder mandar um recadinho para ele, e ele fez o de me corrigir. Eu escrevi: '' Gostaria de ver o Darth Vader convencendo o Shun e o Ben 10 a ir para o lado negro da força.'' E ele me respondeu dizendo que hoje não deveríamos mais falar de 'lado negro' por se tratar de uma forma de preconceito e etc; e eu não deixo de concordar com ele. Bom, ele fez o papel dele, e achei isso super interessante, mas se eu pegar todos os meus dvd's de Star Wars ele vão falar sim 'do lado negro da força' e daqui que as pessoas consigam se adaptar a chamar de 'lado sombrio', vai demorar... Enfim, foi uma experiência incrível conhece-lo. A frase:''LUKE, EU SOU SEU PAI.'' eriçou todos os pêlos do meu braço, e eu como grande fã desta saga me senti incrivelmente lisonjeada. No final, ele fez o que eu pedi. Ele compartilhou muito de sua experiência. Acreditem, ele ensinou muita coisa para todos nós.   
  Ulisses Bezerra(abaixo) é uma das vozes mais conhecidas do Brasil, o Shun de Andromeda de Saint Seiya (Cavaleiros do Zodiaco). O irmão de Wendel Bezerra (Goku) vem a este SANA comemorar conosco os 25 anos da série de anime mais famosa no Brasil. Ulisses também dublou o Keitaro de Love Hina, Eiji Kikumaru (1ª voz) de The Prince of Tennis, Yashamaru de Basilik,  o Kenji de Initial D o Charlie Brown de Snoop, dentre outros. Foi incrível escutar a célebre frase: ''CORRENTE DE ANDROMEDAAAAAAA''. Gente, vocês não tem noção do que é isso. Para nós fãs, é uma experiência única.  Foi incrível. E eu não sabia, mas o seus pais são cearenses, meus lindos conterrâneos. Ao final, ele apresentou um novo poder do Shu: ''CORRENTE DE RAPADUUUUUURAAAA'' .Nunca vou esquecer. 



 Aqui vocês conferem um pouco da movimentação. Eu gostaria de ter mais fotos para mostrar para vocês, na verdade eu tenho, mas a qualidade da imagem está bastante ruim, mas tentarei colocá-las mesmo assim. Se eu conseguir ajustar o áudio do vídeo que minha amiga gravou enquanto eu cantava, colocarei aqui para vocês, se não, já era e só da próxima vez mesmo. Bom, no SANA vocês conferem diversas coisas mesmo. Hoje, particularmente, o que me chamou mesmo a  atenção foi a palestra com os dubladores.  No mais, o concurso de dança foi lindo. O Estandes estavam cheios de coisas legais para comprar. Bom, para curtir tudo que o SANA tem de bom, só participando nos três dias. Irei postar as fotos que me restam e novamente, me perdoem pela qualidade da imagem, pois as coisas não deram muito certo hoje.





  Então galera, acima vocês conferem algumas fotos. Aquela bem do meio é minha querida mãe, que me acompanha em todos os momento mágicos da minha vida. E esse não deixou de ser um destes. Se o vídeo acima não sair com o áudio, vocês terão pelo menos o prazer de fazer leitura labial ao me ver cantando em cima do palco, mas pelo que eu pude ver, o áudio deu certo, mas as músicas não estão completas, enfim, dá pra desfrutar um pouquinho do que eu fiz hoje, espero que mesmo com a qualidade de som e imagem ruins, dê para vocês me escutarem. Riam, se divirtam. E venham conhecer o SANA.
Posted by Cecília On 20:49 16 comments READ FULL POST

quinta-feira, 14 de julho de 2011

  Mais uma super corrente afim de promover uma divulgação legal entre os blogs. Eu adoro essa globalização interblogueriana; além de ser muito divertido, é possível que nós nos conheçamos melhor e compartilhemos diversas coisas do nosso universo Asiático. Do fundo do meu coração, agradeço desde já a Hoshina e a Susana por esta oportunidade.


  Dessa vez, as regras são as seguintes:  Você deve colocar o link do blog o qual você ganhou o desafio, responder as questões e levar o Award que o blog que propôs o desafio fez (pois é, você tem que fazer um 
award). Logo após este processo, você deve indicar mais três blogs que deverão seguir esta corrente.


  A Hoshina do Kakkoi World e a Susana do I Love Dorama foram quem me propuseram esse desafio e aqui está o link de seus respectivos blogs: http://kakkoiworld.blogspot.com/  ,   http://susana-ilovedorama.blogspot.com/

 Logo abaixo está o Award que elas fizeram. Simplesmente amei.


Perguntas:

1) Diga o seu apelido?
Cecí, Cêh; depende do humor dos meus pupilos.

2) Sua cor preferida?
Azul.

3) O que te da mais prazer em blogar?
Saber que poderei estar ajudando muitas pessoas que procuram o conhecimento desse Universo Asiático que eu tanto admiro e não sabem como se inserir e buscar informações; outro fato são as grandes amizades que estou construindo, pessoas maravilhosas que eu tenho conhecido virtualmente. Além da minha própria satisfação pessoal. Adoro escrever, adoro ser crítica. Adoro passar minha opinião independentemente do que outros possam achar, mas sempre com respeito a todos.

4) Qual o tipo de musica e sua banda favorita? 
K-pop sempre. Minha banda favorita logicamente é SS501 e não, eles nunca vão acabar.

5) Você gosta de alguém ? 
Gosto dos meus familiares em geral. É, são'' alguéns'' na verdade. kkk'

6) Diga a primeira coisa que vem a sua cabeça quando ler você é ...? 
Insuportavelmente chata e revolucionária. Algumas pessoas dizem que na minha vida passada eu estava à frente das grandes manifestações. Eu tenho esse espírito de lutar pelos meus direitos, por isso as pessoas acabam dizendo pra eu desistir da área da saúde e fazer direito. Mas, eu penso que posso fazer 'direito' na área da saúde, se é que vocês me entendem. :)

7) Diga o apelido da sua melhor amiga? 
Babi, Tia Bah. Bah, depende do meu humor.

8) Diga a cor do esmalte que você esta usando? 
Preto. Sou bem eclética quanto as cores de esmalte, mas posso adiantar que isso também vai depender do meu humor.

9) Quando você esta nervosa...?
Não consigo fazer nada direito. Eu tenho uma demência que me impede de fazer qualquer tipo de coisa nessas circunstâncias. Mas eu só fico nervosa quando eu faço/farei algo que pode mudar minha vida de alguma forma drástica. No mais, não costumo ser tão nervosa. Apresentar seminários me deixa um pouco nervosa à princípio. E sempre que eu vou me apresentar cantando me dá um friozinho na barriga mesmo eu sabendo que vai dar tudo certo. Acho tudo isso muito normal.

10) Diga uma frase que te defina ?
''Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania, depende de quando e como você me vê passar.'' Não há frase melhor no mundo para definir quem eu sou, do que esta belíssima de Clarice Lispector.






E este é meu Award. Eu não sei colocar aquela famosa caixinha com o link dele, mas é muito simples copiar e colar não é mesmo, galera? Assim como a Hoshina, eu não poderia deixar de fora meus ídolos. Eu achei fofo, e vocês?





Eu desafio:


Jahny do Tudo para Otakus.


Luh do Dramas Otaku.


Elaine do Mundo Doramas.


Espero que façam um bom proveito e até a próxima. :*
Posted by Cecília On 22:26 12 comments READ FULL POST

quarta-feira, 13 de julho de 2011

  Um filme lindíssimo e completamente diferente do habitual. 'Hear Me' conta a história de Yang Yang; uma jovem que cuida sozinha de sua irmã Peng, uma nadadora que está treinando para as Olimpíadas de Surdos. Um dia, Yang Yang encontra Tian Kuo, o rapaz que entrega marmitas na piscina onde Peng treina. Ambos passam a comunicar-se pela linguagem de sinais. Vamos aos comentários?



  Este filme é uma lição de vida. Primeiro porque mostra o dia-a-dia dos deficientes auditivos, as dificuldades e barreiras que devem ser superadas ou amenizadas, isto fica implícito pois não é do que o filme trata, mas ao mesmo tempo mostra uma vida normal de pessoas normais, porque é isso que os deficientes auditivos são; e segundo porque nos ensina que ''o amor e os sonhos são milagrosos, não precisam ser ouvidos para serem ditos ou traduzidos.'' O filme possui pouquíssimos diálogos. Na verdade, os diálogos são construídos a partir da linguagem de sinais. O que ao contrário do que muitos pensam não o torna nem um pouco cansativo, ao contrário, ele prende você do começo ao fim, despertando aos poucos sua sensibilidade, pela simplicidade com que é encenado. Além disso, é um filme que não demonstra o preconceito em relação a deficiência, e sim, outros tipos de preconceitos relacionados as mais diversas situações de um dia-a-dia comum.




  Pelo fato de a maior parte dos diálogos do filme serem construídos a partir da linguagem de sinais, é que o talento dos atores deixa-se transparecer. É necessário uma boa atuação para transmitir cada emoção, cada sentimento, cada angústia dos personagens. A expressão facial e corporal entram em cena para a concretização desse maravilhoso trabalho. A série de mensagens que o filme objetivou transmitir só foi possível graças a escolha de um elenco de ponta. O filme é bastante emocionante. Logicamente, não poderia deixar de ter uma pitada de drama envolvendo o casal. Mas, no mais, este é tratado não em relação a deficiência e sim, como um problema habitual de namorados como quaisquer outros(depois é que o fato da deficiência entra em cena). Outro ponto tratado, é que às vezes alimentamos e vivemos em função dos sonhos de outras pessoas, esquecendo dos nossos próprios sonhos. E você, qual o seu sonho?




  Depois do filme, vocês serão dominados por uma vontade enorme de saber um pouco mais sobre essa linguagem. E, para antecipar a curiosidade de vocês, vou explicar um pouco antecipadamente.
  As Línguas de Sinais (LS) são as línguas naturais das comunidades surdas. Ao contrário do que muitos imaginam, as Línguas de Sinais não são simplesmente mímicas e gestos soltos, utilizados pelos surdos para facilitar a comunicação. São línguas com estruturas gramaticais próprias.




  Atribui-se às Línguas de Sinais o status de língua porque elas também são compostas pelos níveis lingüísticos: o fonológico, o morfológico, o sintático e o semântico.O que é denominado de palavra ou item lexical nas línguas oral-auditivas são denominados sinais nas línguas de sinais.O que diferencia as Línguas de Sinais das demais línguas é a sua modalidade visual-espacial.Assim, uma pessoa que entra em contato com uma Língua de Sinais irá aprender uma outra língua, como o Francês, Inglês etc.




  As Línguas de Sinais não são universais. Cada país possui a sua própria língua de sinais, que sofre as influências da cultura nacional.Como qualquer outra língua, ela também possui expressões que diferem de região para região (os regionalismos), o que a legitima ainda mais como língua. A LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) tem sua origem na Língua de Sinais Francesa. 



  Hear Me é uma excelente opção para qualquer admirador do cinema oriental. É uma temática bastante diferente, mas que encanta diversas massas de espectadores. Este filme quase concorreu ao Oscar de Melhor Filme de Língua Estrangeira, mas foi considerado inelegível para a categoria, pois sua data de lançamento foi antes do prazo permitido. Vocês podem fazer o download no Sora~D Fansub.



Posted by Cecília On 00:00 10 comments READ FULL POST

quarta-feira, 6 de julho de 2011

  Acabo de assistir mais uma super produção coreana: Summer Scent. Este drama não está disponível em português em fansubs ou blogs amigos, mas se alguém souber onde é possível encontra-alo por favor me corrijam. É um futuro projeto do Asian Team. Só pude assisti-lo em português graças a minha ilustríssima amiga Emília. Acredito que aqueles que dominam o inglês ou espanhol não terão dificuldades de acompanha-lo. É um kdrama que é indispensável a qualquer 'doramaníaco'! Um dos melhores trabalhos de minha atriz preferida Son Ye Jin, que a consagrou como atriz; e do maravilhoso Song Seung Hun.



  O primeiro amor de Min-woo foi Eun-hye. Não houve maior amor do que aquele que existia entre eles, até Eun-hye ter um acidente de carro e morrer, deixando para trás apenas uma coisa....seu coração! Hae-won sofre de uma terrível doença no coração desde a infância. Milagrosamente Eun-hye foi a doadora encontrada para ofertar seu coração. Mas, ainda incomodado com a perda, Min-woo vai para Itália estudar. As memórias de Ein-hye ainda inundam seu coração. Quando ele volta para a Coréia, o destino faz Hae-won e Min-woo se encontrarem. Quando se vêem pela primeira vez, o coração de Hae-won bate muito rápido quando está perto de Min-woo e ela não sabe porque isto acontece, enquanto Min-woo sente culpa em relação a Eun-hye, porque o amor cresce cada vez mais quando está com Hae-won.


  Summer Scent é um drama bastante maduro que nos trás diversas reflexões que levaremos para toda a vida; mostrando relacionamentos complicados, laços que são difíceis de romper, comportamento da sociedade, valor familiar, barreiras que devem ser ultrapassadas e muito mais! Tudo isto envolvido na questão do transplante de órgãos: um assunto bastante complexo que é abordado ao longo do drama de forma singela, mas que é responsável por criar uma cascata de acontecimentos. 
  A história nos envolve no começo, meio e fim. Apesar de diversos momentos serem levemente monótonos, a história é tão complexa que não há como desviar sua atenção da tela. Son Ye Jin nos presenteia com mais uma excelente atuação e Song Seung nos mostra um outro lado de seu talento, incorporando um papel totalmente diferente daquilo que estereotipamos. 


  Este drama é composto de um cenário incrível! Às vezes eu me pergunto se ainda existem lugares tão maravilhosamente belos como os apresentados. Cada cena tinha um personagem a parte: a belíssima paisagem. Além disso, a trilha sonora é fantástica e incrementava cada momento ou circunstância, formando um conjunto perfeito que se encaixava magicamente bem e condizia com cada situação. Tudo isso ajudou a tornar Summer Scent um drama memorável de fato. A chuva também é sempre protagonista. Sem ela muitas cenas não teriam o 'clima' que é pretendido. Não sei se vocês já tiveram este sentimento, mas certas vezes, por si só, a chuva é capaz de se expressar.


  Os personagens secundários são todos muito presentes e acabam se fazendo necessários durante toda a trama. Sem eles o conjunto da obra não seria tão perfeito. Eles foram muito importantes para a construção de todos os fatos e circunstâncias. E uma curiosidade é que mais uma vez, o grande antagonista é alguém que não está mais presente, o que me lembrou Bokura ga Ita. Mas, o que mais me intrigou é como eles conseguem caracterizar e personalizar tão bem as virtudes e defeitos de uma pessoa que já se foi com tão poucas cenas que relembrem-na ou, tão somente, diálogos bem construídos que nos convençam disso. Claro que este não se trata do único empecilho. Há barreiras muito mais complexas do que se possa imaginar.


  Confesso que estou muito surpresa com o final de Summer Scent. Pois como diria minha amiga Emília, 'foi surpreendente'. Infelizmente vocês não conseguirão arrancar este final da minha pessoa, apenas conferindo para saber. E eu espero muito que vocês procurem assistir ao drama, pois ele aborda muitos aspectos que não são muito utilizados nos dramas atuais e que valem a pena ser discutidos e demonstrados. Além disso, a questão que envolve transplantes de órgãos sempre será muito polêmica,sendo muito importante abordar este assunto; e o público se sente atraído e muitas vezes sensibilizado, passando a entender o drama de muitas famílias. Este maravilhoso kdrama possui 20 episódios e é do ano de 2003. Espero que tenham gostado do post e comentem bastante! Até mais.


Curiosidade:

  Endless Love foi o título não oficial de um conjunto de quatro dramas coreanos dirigidos por Yoon-Ho Seok, produzido pela KBS, cada uma com o nome de uma estação do ano. Cada 'parte da série' teve o seu próprio enredo, personagens e atores. A série foi amplamente vista na Ásia e continuou a onda coreana que tomou conta da região desde o final dos anos 1990 e início de 2000. Mais tarde, como a série progrediu e foi comercializada fora da Coréia, "Endless Love" foi  utilizado para identificar todas as séries como um todo. Song Seung foi o único ator a participar de duas produção. Esse pode ou não pode? (Sim, ele pode!)
As quatro partes da "série" são:

- Autumn in My Heart (2000)
- Sonata de Inverno (2002)
- Perfume de verão (2003)
- Spring Waltz (2006)

  Agora que Kurarabru do Dramas Coreanos nos cedeu essa super informação, estou super ansiosa para dar continuidade a essa 'série', que pelo que eu já vi. deve ver maravilhosa! :)
Posted by Cecília On 00:14 24 comments READ FULL POST

segunda-feira, 4 de julho de 2011

  Eu espero mesmo que vocês tenham gostado do duelo de titãs que nós promovemos. O grande vencedor foi You're Beautiful, um dorama que marcou muitas pessoas. No fundo do meu coração, eu estava torcendo por BBF, que para mim, marcou muito mais. Mas, eu não fiquei triste com o resultado, já que o nosso grande vencedor é uma excelente opção. Ambos são excelentes a sua maneira. O que me deixou ainda mais feliz, foi o fato de que nossa amiga Cacá, a quem nós dedicamos esta longa jornada afim de ajudá-la a assistir seu primeiro K-drama, decidiu assistir aos dois finalistas. Fico feliz que todo esse trabalho não tenha sido em vão. Nossos amigos de blogs e pessoas que nos visitam sempre estiveram muito empenhados e eu só tenho a agradecer a todos! Obrigada galera e até a próxima.


Posted by Cecília On 12:37 5 comments READ FULL POST
  • RSS
  • Delicious
  • Digg
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Youtube