quarta-feira, 19 de junho de 2013

Tá aí um drama que surpreendeu bastante: Alice In Cheongdam-dong! Terminei agora e nem acreditei em tudo que se passou.  Vamos aos comentários? 


Sinopse: Han Se Kyung é uma designer talentosa que vive cada dia com o lema: 
"O esforço é minha Força." 
Ela ganha muitos concursos de design e, finalmente, se une a uma empresa de vestuário. Mas ela só fica encarregada para serviços de recados e multi-tarefas, em vez de realmente fazer o trabalho real para qual foi contratada. Enquanto isso, a esposa à sua superior na empresa à humilha de todas as forças. A tal mulher foi, na verdade, sua colega de classe em sua antiga escola secundária, que não era tão boa quanto nossa Han Se Kyung. Tudo muda de repente. Quando ela enfim conhece Cha Seung Jo um presidente de uma loja de marca de luxo em Cheongdam-dong que vai mudar sua vida.



O drama começou de uma forma muito pacata, sem emoção, não me fazendo entender o que realmente alguns personagens representavam. Isso perdurou durante os dois primeiros episódios. O que me permitiu continuar foi apenas...Boa Vontade! E as loucuras do Park Shi Hoo que estavam fora do comum. Esses fatores, somados, me fizeram prosseguir com a história. E ainda bem que eu não desisti, porque realmente foi fora de série. Alguns personagens subiram no meu conceito, outros mudaram completamente, desceram, enfim. Foi realmente surpreendente


Cha Seung Jo  realmente foi uma coisa indescritível de tão louco. Ele era a graça do dorama. Foi um personagem carismático, agradável, bobão, crianção, imaturo, fofo, que foi crescendo ao longo dos episódios. "O amor imaturo diz eu te amo porque preciso de você...e o amor maduro diz eu preciso de você porque te amo". Essa frase marcou o drama inteiro pra mim e sua função na história se tornou realmente evidente ao final da trama. Principalmente no que diz respeito ao seu personagem. Eu não tenho o que reclamar deste personagem. Adorei.


Cha Seung Jo  e o seu pai realmente viviam uma situação trágica e cômica. Uma relação onde eles não aprenderam a demonstrar o afeto e o carinho através da humildade que é necessária entre pai e filho. O velho me surpreendeu, pois seu personagem foi tomando outros rumos ao longo da história. Algumas de suas atitudes foram lindas e reveladoras. Pessoas que nunca cedem muito menos dão o braço a torcer? Isso não existe nesse drama. 




O secretário, o médico e a amiga da Se Kyung foram peças fundamentais à trama. Não foram personagens que vieram atrasando o decorrer da história, ao contrário, a temperaram ainda mais, trazendo momentos divertidos como também outras situações que apensas vocês conferindo com seus próprios olhos.


Eu diria que a personagem que mais garantiu o meu afeto foi a Seo Yoon Joo. A mulher me fez compreendê-la de uma forma incrível. E o que foi sua atuação, sua música tema? Ela ganhou tanto espaço na história que achei muito merecido! Ela foi peça chave, fundamental e eu sofri junto com ela, cada um de seus dramas. Engraçado que à primeira vista, eu achava uma coisa, depois passei a considerá-la de uma forma TOTALMENTE diferente, pois pude entender todo o seu drama, medos.


Tomy Hong também me surpreendeu. 'Sim, todos os personagens te surpreenderam, Cecília, é isso?' A resposta é sim, mil vezes SIM! Todos eles foram surpreendentemente surpreendentes e não consigo achar uma melhor expressão pra definir toda a minha surpresa. Esse personagem em especial tinha uma astúcia que só deus sabe, viu. 


Shin In Hwa foi uma grande bruxa. Palavra melhor não a descreveria. Ela e toda sua família iludida pelo dinheiro e pelo poder. Aliás, todo esse mundo de 'poder' é muito complicado, há uma manipulação, uma ambição e ganância fora do comum. Bom, Minha experiência doramática me dizia, de alguma forma, que ela fosse ajudar a mocinha, mas que ajudar que nada! Ela foi um peso. Se achava a merecedora, a cara da riqueza. A poderosa. Ok, realmente ela era linda, mas totalmente nojenta. 



Por último e não menos importante, eu devo, eu necessito falar da  Se Kyung. Eu possuía uma visão de que ela fosse ser determinado tipo estereotipado de mocinha, sabe? Muito certinha, muito polida, sem argumentos. E ela conseguiu tirar TODA E TOTALMENTE minha primeira impressão a seu respeito me ganhando do segundo episódio em diante. Ela foi de uma seriedade, de uma sinceridade, de um lado negro e lado da luz que eu nunca tinha visto em nenhuma personagem. Outra que surpreendeu. Eu a apoiei cada segundo. Ela era uma espécia de Naruto, que onde chega conquista todo mundo, faz todo mundo florescer, etc, etc. Mas ela não foi totalmente boa e eu gosto disso. representa muito melhor a nossa humanidade. E poxa, eu sou louca por essa atriz desde de My Little Bride...então, ela tem todos os créditos possíveis e inimagináveis comigo. 


Gente, o final desse drama foi o melhor dos melhores. Algo que eu não via há muito tempo. Nada de pontas soltas, nada de personagens que sumiram, etc,etc,etc. Foi lindo, perfeito, emocionante.


E os beijos até que não decepcionaram, quer dizer, pelo menos o último não.
Gente, o download pode ser feito no saranghe asia. Divirtam-se.
Posted by Cecília On 00:14 10 comments READ FULL POST
  • RSS
  • Delicious
  • Digg
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Youtube